SOJA: preço recua com avanço do plantio

2022-11-01T07:00:00.0000000Z

2022-11-01T07:00:00.0000000Z

Infoglobo Conumicacao e Participacoes S.A.

http://revistagloborural.pressreader.com/article/282106345585647

MERCADO | ANÁLISE

Opreço da soja caiu no Brasil. A demanda compassada em meio ao risco de recessão, o avanço da colheita da safra norte-americana e o bom ritmo da semeadura no Brasil pressionaram as cotações. Segundo levantamento da Scot Consultoria, até 14/10, no Porto de Paranaguá (PR), o preço médio estava em R$ 182,44 por saca de 60 quilos. No comparativo mensal, uma queda de 3,4%. Em outubro, o USDA reduziu a expectativa de produção da safra norte-americana 2022/2023 em relação a setembro último. Atualmente, a produção no país está estimada em 117,39 milhões de toneladas e, há um mês, 119,16 milhões de toneladas eram esperadas. O quadro de estoques globais, por outro lado, foi revisado para cima, puxado pelo aumento na expectativa de aumento da produção no Brasil. No Brasil, a Conab elevou as expectativas para a safra 2022/2023, em fase de plantio. A expectativa de recorde na produção segue, com a safra estimada, hoje, em 152,35 milhões de toneladas. Até 8/10, 11% dos trabalhos de semeadura foram realizados no país, 1,4 ponto percentual abaixo da última safra no período, mas em bom ritmo. Em Mato Grosso, 22,3% da área foi semeada, no Paraná, 15%, contra 21,2% e 16%, respectivamente, na última safra nesse mesmo período. A semeadura no país ganha força em novembro. Em curto prazo, os preços deverão seguir pressionados com o avanço da colheita da safra nos EUA e as expectativas iniciais no Brasil pressionando o mercado. ALGODÃO / PRODUÇÃO GLOBAL Do final de setembro para outubro, devido à baixa demanda, houve queda no preço da arroba da pluma de 10,8% em São Paulo. A produção global de algodão em pluma é estimada em 24,9 milhões de toneladas para a próxima safra, 1,9% menor em relação a 2021/2022. Ago. 208,48 ∣Set. 201,88 ∣Out.* 176,80 COTAÇÃO MÉDIA MENSAL* DO ALGODÃO EM PLUMA EM R$/ARROBA *ATÉ O DIA 13/10 ARROZ / PRESSÃO DE ALTA Até meados de outubro, o preço do arroz subiu 2,32% no Brasil. Estoque menor e o avanço da entressafra contribuíram para a alta. Importantes países produtores ainda sofrem com o clima, que, em setembro, causou corte de 2 milhões de toneladas nas produções indiana e chinesa. Ago. 76,47 ∣ Set. 75,90 ∣ Out.* 77,66 MÉDIAS MENSAIS DO INDICADOR DIÁRIO ARROZ EM CASCA CEPEA/ESALQ/BM&FBOVESPA POR SACA DE 50 KG, POSTO INDÚSTRIA/RS *ATÉ O DIA 13/10 CAFÉ / RECUO NO ARÁBICA O fim da colheita no Brasil, a expectativa de boa pega da florada e a demanda enfraquecida pressionaram a cotação do café arábica, que caiu 5,5% até meados de outubro. As boas chuvas em setembro favoreceram a florada e trouxeram boas expectativas para a safra 2023/2024. Ago. 1.302 ∣ Set. 1.297 ∣ Out.* 1.226 INDICADOR CEPEA/ESALQ MERCADO FÍSICO CAFÉ ARÁBICA EM R$ POR SACA DE 60 KG LÍQUIDO *ATÉ 14/10

pt-br