RECORDE DE PRODUÇÃO

2022-11-01T07:00:00.0000000Z

2022-11-01T07:00:00.0000000Z

Infoglobo Conumicacao e Participacoes S.A.

http://revistagloborural.pressreader.com/article/281663963954159

BIODIVERSIDADE ∣ APICULTURA

Em 2021, de acordo com o IBGE, o Brasil produziu 55,8 mil toneladas de mel. O volume é recorde e representa um incremento de 6,4% na comparação com 2020. Desse montante, 47,19 mil toneladas, o que corresponde a 84,5%, foram exportadas. Estatísticas da Associação Brasileira dos Exportadores de Mel (Abemel) mostram que os Estados Unidos são os principais compradores do mel brasileiro, adquirindo 71% do total que vendemos ao exterior. Alemanha (13%) e Canadá (6%) completam o pódio de principais consumidores estrangeiros do que as abelhas que visitam as nossas flores conseguem produzir. Somente em 2021, as exportações de mel injetaram mais de US$ 163 milhões na economia brasileira. O valor é 66% superior aos 98,5 milhões de dólares faturados com as exportações em 2020. Responsável pelo levantamento das informações de mercado e comunicação do cenário apícola da Abemel, além de ser tesoureiro da entidade, Renato Azevedo explica que o mel brasileiro é muito bem-visto no exterior pela qualidade e pelo sabor que oferece. O poder aquisitivo das populações dos principais países compradores e o hábito desses povos de consumir mel e optar por produtos saudáveis, principalmente orgânicos, são os principais fatores para exportamos tanto. “Em países como Estados Unidos, Alemanha e Canadá, o mel está na mesa do café da manhã. No Brasil, a cultura ainda é de procurar pelo produto quando alguém da família está resfriado. Precisamos pensar nele como alimento, e não apenas medicamento”, destaca Azevedo. CEO da Baldoni Produtos Naturais e diretor da Associação Brasileira de Estudos das Abelhas (A.B.E.L.H.A.), Daniel Cavalcante destaca que realmente é importante incentivar o consumo do mel entre os brasileiros, que hoje é de apenas 27 gramas por pessoa a cada ano, além de aumentar a produtividade por colmeia. Em muitos casos, a apicultura não é a atividade principal dos que se dedicam a produzir mel. “Temos 2,1 milhões de colmeias em produção no Brasil, com média de 19,3 quilos de mel cada uma por ano. É um número baixo. Acreditamos que podemos chegar a produzir 100 mil toneladas de mel por ano com a quantidade de colmeias que temos atualmente. E esperamos que isso vá acontecer nos próximos cinco anos”, prevê.

pt-br